10/04/2020 14h33
amor....

Amor

 Luis Vaz de Camões

 “Amor é fogo que arde sem se ver;

É ferida que dói e não se sente;

É um contentamento descontente;

É dor que desatina sem doer;”

*

  Terror

 Rosa Pena

 

É a barriga que não para de crescer;

É o cabelo que saí no pente;

É perceber que o calendário não mente;

É a validade prestes a vencer! 

  

 


Publicado por Rosa Pena em 10/04/2020 às 14h33
 
19/03/2020 00h14
Deus nos ajude

CAIU A CARAPUÇA?

Rosa Pena

Não acho justo alguém tentar dizer que sou irresponsável em tempo de guerra. Pandemia é a pior delas. O inimigo te acerta sem você ver. Não aceito esporro em pvt e mais, odeio o MSN para recados inconvenientes, com conselhos babacas. Querem que eu me convença do que julgam que seja o melhor, o mais adequado, o recomendável. Eu não me convenço de nada por pareceres envolvidos em opiniões de benefício próprio; eu sei e sinto. Estou em casa de quarentena, tendo um enorme prejuízo financeiro e quase com depressão. Não consigo apostar uma ficha no futuro. É uma névoa. E tenho filha, neta, sobrinhos que precisam de Fé no amanhã. Incertezas aos montes. Certeza apenas que estamos como nação entregues a um débil mental. Precisávamos da certeza que o melhor seria feito. Na mão dessa gangue só resta cada um cumprir sua parte (quarentena, lavar as mãos, higiene absoluta) e rezar." Deus nos ajude."


Publicado por Rosa Pena em 19/03/2020 às 00h14
 
14/03/2020 10h26
Eu vou...

Eu vou me cuidar porque eu te amo.
Essa é a frase que resume o momento que vivemos. É agora que a gente vai saber o que fala mais alto em uma comunidade. O meu problema ou a nossa proteção.
Já ficou mais que provado que para cerca de 80% dos pacientes de coronavírus, a doença nada mais é que uma gripe que nós estamos acostumados.
Mas não é o momento de pensarmos nos 80%. É hora de pensarmos nos 20. Na sua avó que neste momento está com a saúde fragilizada. Na sua amiga que neste momento passa por uma quimioterapia. No seu pai que tem problemas respiratórios.
Porque eu te amo, vou cuidar de nós.
Se hipoteticamente duas mil pessoas se contaminarem em minha cidade, e dessas duas mil, cem precisarem de atendimento hospitalar ao mesmo tempo, vai faltar leito. Vai atingir pessoas frágeis nas filas de atendimento médico. Vai virar um caos.
Pelos outros, eu vou me cuidar. Pelos outros eu vou procurar o sistema de saúde se apresentar sintomas e ter circulado por áreas de risco. Pelos outros eu vou ficar em casa, isolada se eu for um caso suspeito. Pelos outros eu vou me privar de viajar, se meu destino for de livre circulação do vírus. Vou evitar festas com grandes aglomerações. Vou lavar minhas mãos, vou evitar compartilhar o chimarrão, vou evitar abraços e até mesmo os apertos de mão.
Pelos outros eu vou fazer minha parte. E quando cada um faz sua parte, todos ganham.
O coronavírus é um exercício real de empatia.
E empatia é igual leito de UTI. Não é em todo o lugar que a gente encontra.


Publicado por Rosa Pena em 14/03/2020 às 10h26
 
21/02/2020 20h01
@emicida

e o mundo.....


Publicado por Rosa Pena em 21/02/2020 às 20h01
 
20/01/2020 16h27
eu e tu


Publicado por Rosa Pena em 20/01/2020 às 16h27



Página 1 de 55 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»]





Site do Escritor criado por Recanto das Letras
art by kate weiss design