safenas, apenas!

Rosa Pena


Na vida
dá um beijo daqueles
onde a boca vira gaita.
Na morte
dá um susto na sirigaita,
onde uma perna fica mole
e a outra bamba.
Brinda com um gole
Cai no samba.
Passou o susto
caramba!
Três safenas,
apenas!
Abre um sorriso
um baita!
Sem siso!!!!!!
Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 29/01/2005
Alterado em 31/10/2008
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.





Site do Escritor criado por Recanto das Letras
art by kate weiss design