João & Maria
Rosa Pena

Passa! Ficamos leves porque toda aquela aflição parou de amofinar. Um dia acordamos com os olhos sequinhos, o rosto descansado, cantarolando novamente o Chico, mas sem ser mais atrás da porta, “pensando no olhar que era de adeus, sem se debruçar sobre o corpo” do ex.

Ela acordou cantando João e Maria, era a noiva do cowboy, seu novo herói, cujo cavalo é formado na cultura Inglesa. Está 
devastadoramente apaixonada de novo. Ah! Esperava nunca mais amar, não sabe o que faz com esse amor demais? Não tem solução, vai perder de novo a paz. 

Mas, que tal deixar a tal pomba branca sobrevoar seu corpo só quando você morrer? Afinal, ele é tão lindo de se admirar andando nu pelo seu país. Deixa assim, mais ainda, que outros pássaros passem pelai. Uma revoada bem vigorosa. 

Viu como está linda? Benza Deus.

 
Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 25/05/2014
Alterado em 26/05/2014

Música: joão e maria - chico buarque de holanda -






Site do Escritor criado por Recanto das Letras
art by kate weiss design