20/05/2010 20h10
tarja branca
um presente do amigo Moacir et Selena

Publicado por Rosa Pena em 20/05/2010 às 20h10
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
14/05/2010 06h42
Espero vocês

Publicado por Rosa Pena em 14/05/2010 às 06h42
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
24/04/2010 09h46
Encontro
Foto: A.Pena; Rosa Pena; Herculano Alencar  

  Para Rosa e seu Colibri
 Herculano Alencar


 
Uma Rosa que ri, e beija, e fala,
  e encanta o seu próprio colibri.
  Eis a Rosa que ora eu descobri
  e no meu coração hei de guardá-la.

  Uma Rosa que ouve, e sente, e cala,
  e aceita o perfume de outras rosas,
  qual a rosa dos sonhos cor-de-rosa
  que libertam poemas da senzala.

  Uma Rosa que é rosa e sabe disso
  e, portanto, impôs-se o compromisso
  de viver como Rosa até o fim.

  E por ser uma rosa, simplesmente,
  vou levar seu perfume em minha mente
  enquanto Deus regar o meu jardim.


  (Cula)

  Um abraço carinhoso para o belíssimo casal que conheci!
 
A arte do encontro
Rosa Pena
 para Herculano Alencar
 
Como é bom finalmente rever o amigo nunca visto, mas pra lá de sentido. Um chope, um sanduba de pernil dividido... Com gosto de Chico Buarque. Meu caro amigo. O papo jogado fora? Não!Pra dentro do coração demonstrando que as trocas de e-mails jamais foram em vão. Foram tijolos poéticos colocados com real afeto que construíram o melhor poema da vida. A amizade... Real nascida no virtual.

Quando você é igual dentro e fora de um computador, o abraço com braços é apenas o telhado da construção, o estrambote do soneto. Coisa boa remexer nas teias de afeto entre bolinhos de feijão, entre chopes que certamente se transformarão no forro da casa que já estava pronta. Agora é decorar o interior com carinho e regar o jardim para que permaneça viçoso,  felicidade maior do jardineiro e da flor.

 
No espelho, as rugas que nos batem na cara avisam que é proibido perder amigos. Vem o ultimato. Faça outros! Como dizia meu poetinha Vinicius: “A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida”.

Cula é um artista perfeito.

Em tempos de funk neurótico, crack, serial killers e assim por diante, brindamos São Jorge, em seu dia, com a mais pura poesia. A do Bem-querer que nunca faz mal a ninguém.
Amigo meu é rei e...  É muito bom perceber que pra ele, você é rainha.

 

Publicado por Rosa Pena em 24/04/2010 às 09h46
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
10/03/2010 18h42
Velha Guerreira

Publicado por Rosa Pena em 10/03/2010 às 18h42
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
12/01/2010 17h56
ai de ti (Haiti)
  ai de ti
Rosa Pena

 
 Crianças secas e assustadas
descalças até de esperanças.
Lá nem elas  sobrevivem.

Publicado por Rosa Pena em 12/01/2010 às 17h56
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 19 de 53 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]





Site do Escritor criado por Recanto das Letras
art by kate weiss design